Para refletir

Vida eterna

Perdi a calma, só me restava a vida
E esta vida tão sem vida me negava vida
Me pisou, desprezada me senti
Soluçava e agora, só Deus pra me acudir.
Oh! Deus o que fazer?
Como me refazer?
Dentro de mim minha alma se afligia
Quando eu aos poucos morria
Jesus me chamou pra viver
E deu-me vida eterna.
 
Fui ao fim do túnel
Chamado vale da sombra da morte
Lá, numa situação caótica
Rodas a agruras da vida me sobrevieram
Então gritei, senhor me acode, vou perecer
Dentro em mim minha alma se afligia
Quando eu aos poucos morria
Jesus me chamou pra vive
E deu-me vida eterna
 
Meu corpo sem força, as batidas cardíacas aceleradas
Me senti tão só no fim da estrada
Quando o mundo dizia: não tem solução
Aguardando somente a hora de partir
Precisei de vontade e foça pra viver
Quando aos poucos morria
Jesus me chamou pra viver
E deu-me vida, vida eterna.
 
Por Gel Santos

Artigos relacionados

Escreva um comentário