Eleições 2016

TRE-PE registra 53 detenções, incluindo de três candidatos

O Tribunal Regional Eleitoral em Pernambuco (TRE-PE) registrou, desde a madrugada até as 15h deste domingo (2), 53 detenções de eleitores no estado. Três deles são candidatos nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, João Alfredo e Santa Maria da Boa Vista, no interior.

De acordo com o órgão, dois dos três candidatos foram detidos por suspeita de boca de urna e o último deles por suspeita de compra de voto. Após o caso ser levado à Justiça Eleitoral, os três pleiteantes foram liberados.

Problemas em urnas
Ainda segundo o TRE-PE, foram registradas 421 ocorrências em urnas eletrônicas em todo o estado. Desse total, 138 precisaram ser substituídas, número que corresponde a 0,7% do total de urnas em funcionamento. Dois dos casos aconteceram no Recife, em seções eleitorais nos bairros do Bongi e do Engenho do Meio, na zona Oeste da capital. “Esse é um número irrisório, que não afeta a votação em Pernambuco”, pontua o presidente do TRE-PE, Antonio Carlos Alves. Até agora, não foram registrados casos de votação manual no estado.

Ainda em Pernambuco, os municípios de São José do Belmonte, Carpina, Gameleira, Brejo da Madre de Deus, São Lourenço da Mata, Caruaru, Agrestina, Paudalho, Jaboatão dos Guararapes e Canhotinho registraram falta de energia em pelo menos uma seção eleitoral. Ao todo, foram 11 pontos que tiveram problemas na distribuição de energia. Em nove deles, o funcionamento elétrico já foi normalizado. Apesar do imprevisto, as ocorrências não afetatam a votação.

“As urnas têm uma bateria interna que dura até 12 horas e, nesses casos de falta de energia, os aparelhos entram num modo de economia de energia”, explicou a secretária de Tecnologia da Informação do TRE-PE, Márcia Melo. Nos outros dois pontos com falta de energia, técnicos trabalham para que o funcionamento elétrico seja retomado.

Fonte: G1

Artigos relacionados

Escreva um comentário