Sisu enfrenta instabilidade no primeiro dia de inscrições

Estudantes relatam que site apresenta erro desde a madrugada

Estudantes pernambucanos estão tendo dificuldades para acessar o site do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na manhã desta terça-feira (22), primeiro dia de inscrições na plataforma. Segundo eles, o site demora mais de 15 minutos para carregar e, em muitos casos, sequer chega a abrir a primeira página. Uma tela com a informação em inglês The requested URL could not be retrieved (“O URL solicitado não pode ser recuperado”, em tradução livre) surge. Procurado pelo Diario, o Ministério da Educação (MEC) informou que ainda não tem posicionamento oficial sobre as queixas de instabilidade no Sisu.

Pelo Twitter, participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 que tentam fazer a inscrição no Sisu relatam a dificuldade para acessar o sistema. Alguns usuários dizem que, mesmo quando conseguem acessar a página, depois de digitar o login e a senha, não conseguem acessar a área onde são preenchidas as opções de cursos e de universidades participantes. Consequentemente, a inscrição não pode ser feita.

É por meio do Sisu que os participantes do Enem podem pleitear uma vaga nas instituições de ensino. A plataforma online substituiu os antigos vestibulares feitos individualmente por universidade e oferece, para o primeiro semestre de 2019, um total de 235.476 vagas de 129 instituições públicas de todo o país.

Entre as universidades e institutos federais do estado, 15.094 vagas são oferecidas. Dessas, 14.284 são disponibilizadas em solo pernambucano, já que das 1.610 vagas ofertadas no sistema pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), apenas 800 são nos campi de Petrolina e Salgueiro. As demais são oferecidas nas unidades da Bahia e do Piauí. Pelo site do Sisu, os candidatos podem, antes mesmo do início das inscrições, consultar de forma detalhada as vagas por curso, instituição ou município.

As inscrições no Sisu vão até as 23h59 desta sexta-feira (25). Só podem concorrer a uma das vagas oferecidas estudantes que participaram dos dois dias do Enem 2018, ou seja, que compareceram às provas nos dias 4 e 11 de novembro do ano passado. Outra exigência é não ter zerado a prova de redação do exame. Nesta edição do Enem, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 112.559 candidatos zeraram a prova.

Diariamente, durante o período de inscrição, o sistema se encerra e abre na manhã seguinte mostrando a classificação dos candidatos aos cursos pretendidos. Com isso, o candidato consegue monitorar as notas de corte e ver se a sua nota é suficiente para ingressar naquela opção escolhida. Ele tem até o último dia da inscrição para mudar as escolhas. No entanto, antes de fazer as escolhas pela nota de corte, o estudante deve avaliar os cursos que realmente querem fazer e as universidades que realmente cursariam, levando em conta distância da instituição e se pode se mudar para outro estado para estudar, por exemplo. Os que conseguirem a vaga devem se matricular na instituição entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro.

Via Diário de Pernambuco

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *