Notícias

Pernambuco terá estiagem de três meses, afirmam meteorologistas

Pernambuco passará por um período de estiagem nos meses de agosto, setembro e outubro deste ano. A conclusão foi divulgada nesta semana após reunião do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/CPTEC).

Esse diagnóstico climático foi feito após análises das condições regionais da pluviometria e globais dos oceanos e da atmosfera, assim como os resultados de modelos numéricos de previsão climática sazonal.

A probabilidade é de que nesse período de três meses ocorram chuvas com frequência que devem variar de “normal” a “abaixo da média” para o setor Leste do Estado de Pernambuco, que compreende as mesorregiões do Agreste, Zona da Mata e Litoral.

Os cientistas que participaram da análise consideram a estiagem como abaixo da média 35% das precipitações esperadas, na categoria normal 40% e na categoria acima da normal (25%).

No Sertão de Pernambuco as chuvas permanecem com a previsão de normalidade esperada para o período.

“Com o aquecimento da temperatura da superfície do mar no Oceano Pacífico e o enfraquecimento dos ventos alísios, a configuração do fenômeno El Niño se mantém, desfavorecendo as chuvas na Região Nordeste do Brasil”, explicou o meteorologista do Itep e coordenador técnico do Lamep, Wanderson Santos.

Artigos relacionados

Escreva um comentário