Notícias

Paulo Câmara prioriza obras de recursos hídricos em Sertânia e Custódia, no Sertão de Pernambuco

governador Paulo Câmara (PSB) visitou, nesta sexta-feira (4), a estação elevatória do eixo leste da adutora do Moxotó, em Rio da Barra, na cidade de Sertânia. “São obras importantes que vão ampliar a oferta de água nesses municípios e dar esperança de dias melhores à população. O nosso time está unido e pronto para enfrentar os desafios. E esse ato de hoje é uma demonstração disso”, defendeu o governador.

Acompanhado de todos os secretários estaduais e da vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), o chefe do Executivo fez questão de ratificar o compromisso da gestão com os avanços em todas as áreas, principalmente com o abastecimento hídrico das regiões mais afetadas pela seca. Em solenidade no município de Custódia, Paulo assinou as Ordens de Serviço para a construção do Sistema Adutorpara abastecimento de Custódia, a partir do Reservatório de Moxotó; e do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) Rio da Barra, na Zona Rural de Sertânia. Ao todo, serão investidos R$ 36 milhões nas duas intervenções, beneficiando cerca de 44 mil pessoas.

“O Sistema Adutor de Custódia, que foi tão esperado pela população, também vai gerar emprego e renda e, nos próximos 12 meses, será uma importante ferramenta para que tenhamos um sonho realizado. E eu quero voltar em Custódia no final do ano, passando por Sertânia, no Sistema de Abastecimento Rio da Barra, para ver que a água chegou nas casas das pessoas com regularidade, sem precisar de caminhão-pipa e, principalmente, sem que as pessoas precisem carregar lata de água na cabeça”, disse Paulo.

Ele também reforçou o entrosamento com seu correligionário e prefeito da cidade, Ângelo Ferreira (PSB). “Sertânia é uma cidade que a gente tem muito apreço, tem um gestor parceiro, e um gestor muito responsável que é o prefeito Ângelo, nós já temos muita conversa justamente no sentido de melhorar o serviço da água. A gente avançou muito no primeiro mandato em Sertânia, fizemos a estrada de Rio da Barra, o contorno da cidade, levamos água e vamos poder fazer muito mais entregas em favor da população”, disse Paulo Câmara. 

De acordo com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, em Sertânia estão sendo investidos mais de R$ 6 milhões para a construção de uma estação de bombeamento que vai atender Rio da BarraValdemar Siqueira e mais dez comunidades rurais. A obra deve ser concluída dentro de um ano e meio.

Quando concluído, o Sistema Adutor de Custódia, que será implantado a partir do Reservatório de Moxotó, em Sertânia, irá regularizar o fornecimento de água nas residências de cerca de 40 mil custodienses. Atualmente, a cidade se encontra em situação de pré-colapso de fornecimento de água, sendo abastecida, em parte, por carros-pipa. A obra, que conta com um aporte de R$ 30 milhões do Tesouro Estadual, consiste no aproveitamento da captação no canal de aproximação construído na saída do Reservatório de Moxotó, da Transposição do Rio São Francisco, além da estrutura da Estação Elevatória (EB-01) da Adutora de Moxotó, na qual serão implantadas as bombas do novo Sistema Adutor.

Esta Estação Elevatória irá bombear o reforço de água para Custódia, no total de 85 l/s, através de uma tubulação de ferro fundido com diâmetro de 400 mm até a Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade. Toda a adutora será constituída por tubos de ferro fundido, cuja extensão total é de 23,20 km, sendo implantada às margens da BR-232 até a sede do município. Para isso, também deverá ser ampliada a capacidade da ETA para tratamento de até 85 l/s, além da implantação de trechos curtos de Adutoras de Água Tratada que alimentarão os Reservatórios existentes. A expectativa é de que as obras sejam concluídas em 12 meses.

“Esperamos, no final do ano, voltar aqui e poder inaugurar essa obra, que vai mudar radicalmente o abastecimento de Custódia. O nosso foco é ter água todos os dias. Dependendo da situação da rede de distribuição da cidade, a gente pode fazer alguns ajustes. Mas, com certeza, Custódia não vai mais se lembrar da situação que passa hoje”, explicou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Secretariado

Paulo a importância da presença de todo o secretariado no ato. “Todo o Governo tem que entender que nós temos que trabalhar por 184 municípios, dar atenção, fazer o que precisa ser feito e buscar, cada vez mais, novas alternativas para melhorar a qualidade de vida do povo de Pernambuco. E é importante todo o secretariado saber que nós trabalhamos assim, olhando todo o Estado e nos colocando ao lado do povo. Para que a gente possa ver as questões que estão afligindo a população e buscar soluções que sejam rápidas e que possam dar à população condições de sonhar e acreditar em dias melhores”, relatou.

Via FolhaPE

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *