Notícias

MPPE abre inquérito para apurar possíveis irregularidades em contratações da Prefeitura de Serra Talhada

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu Inquérito Civil Público para apurar possíveis irregularidades em contratações de agentes de saúde e de endemias pela Secretaria de Saúde de Serra Talhada. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado, na última quinta-feira (1º), assinada pelo promotor Guilherme Araújo Lima.

O órgão foi acionado para averiguar denúncia de que uma seleção simplificada para contratação dos profissionais teria apresentado erros na elaboração do resultado final. Segundo o MPPE, a abertura do inquérito se justifica pela necessidade de se prosseguir com as investigações do fato “para seu fiel esclarecimento e adoção de medidas corretivas, se necessário”.

O órgão deixa claro que a apuração do caso é importante já que, à princípio, pode importar prejuízo ao erário ou atentar contra os princípios da administração pública. A promotoria oficiou a Secretaria de Administração para que a pasta informe as razões exatas que resultaram na desclassificação de algumas candidatas.

O OUTRO LADO

FAROL ouviu o secretário executivo de Saúde, Aron Lourenço, que estranhou o caso alegando que todos a agentes de saúde e endemias são concursados. “Eu não estava sabendo desse inquérito, pelo que consta aqui todos os nossos agentes de controles de endemias são concursados, não teve seleção simplificada, não! Toda a nossa equipe é concursada, um dos concursos foi no governo Carlos Evandro e outro já no de Luciano Duque. Esse caso pode ser com relação a um período antes dos concursos”, argumentou o secretário.

Fonte: Farol de Notícias

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *