Morre outro PM envolvido em troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe, PE

Sargento Moacir Moreira estava internado desde o dia 1º de julho

O sargento que foi baleado durante uma troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, morreu na manhã desta sexta-feira (19). De acordo com uma nota divulgada pelo Hospital Regional do Agreste (HRA), o sargento Moacir Moreira passou 18 dias internado e faleceu às 10h30, em decorrência de insuficiência respiratória grave, evoluindo para uma parada cardiorrespiratória.

Um dia após ser internado, o PM apresentou fortes dores abdominais e, ao fazer tomografia, foi identificada a presença de ar na região. Ele foi direcionado ao bloco cirúrgico para fazer uma laparotomia exploratória, procedimento que abre o abdômen, e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde então.

Os profissionais do hospital tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram. O sargento foi baleado no dia 1º de julho, durante perseguição e troca de tiros com bandidos. O colega de farda dele, o soldado André Silva, 32 anos, morreu no local.

Matérias relacionadas: Assalto deixa um policial militar morto e outro ferido em Pernambuco

Sob forte comoção, PM morto em Santa Cruz do Capibaribe é enterrado

Via TV Jornal


Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *