Notícias

Jovem grávida morre após companheiro atear fogo em seu corpo, em Pernambuco

Segundo a polícia, o crime aconteceu durante uma discussão entre o casal

Uma jovem grávida de quatro meses morreu após ter o corpo incendiado pelo companheiro na noite desse domingo (22), na Comunidade dos Casados, no bairro de Santo Amaro, área Central do Recife. Segundo a polícia, o crime aconteceu durante uma discussão entre o casal.

Os policiais disseram que o acusado, de 24 anos, ateou fogo em Samara da Costa Mendes, 18, e logo em seguida tentou fugir pelo telhado das residências vizinhas, mas caiu e acabou sendo preso em flagrante.

Autuado por feminicídio, o suspeito afirma que agiu em legítima defesa, pois, de acordo com sua versão, quem seria morto era ele.

“Ela iria me matar. Me trouxe de Maceió para fazer alguma coisa contra mim aqui. Ela me trouxe de Maceió e eu tenho três filhos. Queria me enrolar no colchão e tocar fogo em mim, tramando tudinho pra me matar. Por isso que eu tive que reagir primeiro”, afirmou.

O acusado passará por uma audiência de custódia no Fórum do Recife nesta segunda-feira (23).

O corpo de Samara da Costa Mendes está no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, também em Santo Amaro.


Jovem querida

Uma vizinha, que não quer ser identificada, diz que Samara era uma jovem querida onde morava. “Todo mundo gostava dela e ela não tinha briga com ninguém aqui. A gente está muito revoltado com essa situação que aconteceu com ela. Ele era muito ciumento”, disse a vizinha.

Via Jornal do Commercio

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *