#soudefloresta

“Imperadores da Coxinha” revelam ingrediente secreto no Sertão de Pernambuco

É no município de Floresta, interior pernambucano, que um casal de evangélicos têm feito sucesso com a produção de coxinhas de frango. Maria Hozana, 50 anos, e Jorge de Sá, 51, começaram a fabricar o salgado em 1993. De lá pra cá, não pararam mais e pensam até em aumentar o número de clientes atendidos.

A ideia surgiu devido a necessidade. Hozana casou com Jorge em 1989. Muito jovens, eles tiveram o primeiro filho nove meses após o enlace matrimonial. Ele trabalhava como padeiro e ela ficava em casa cuidando do pequeno Jamyson. A renda familiar na época era de um salário mínimo e não era suficiente para suprir todas as despesas.

coxinha
Atualmente, a produção mensal ultrapassa 10 mil unidades. Foto: Blog do Elvis/NE10

Em 1991, Hozana toma a decisão de fazer um curso profissionalizante de fabricação de bolos e confeitaria. Ela esperava que com a nova profissão fosse conseguir melhores condições de vida para ela e sua família. Mas, assim que concluiu o curso, ela engravidou novamente e teve que adiar o sonho.

Na medida com que os filhos foram crescendo, Hozana montou seu próprio negócio dentro de casa. Lá ela começa a fazer bolos, pastéis, cocadas e tapiocas para vender em pontos de comércio e de porta e porta. O trabalho uma foi motivação da amiga Rúsia Martins.

O negócio foi crescendo e o esposo de Hosana deixou o trabalho em uma padaria para ajudar a mulher em casa. Agora juntos, os dois unem forças e dividem as atividades com a ajuda dos filhos. Atualmente, a produção mensal ultrapassa 10 mil coxinhas.

Com garra e dedicação Jorge e Hozana ficaram conhecidos na Terra dos Tamarindos como os “Imperadores da Coxinha”. “O segredo de fazer coxinha é o amor. Sem ele, qualquer pessoa faz, mas, não tem o mesmo sabor. Trabalho há mais de 20 anos e sei bem como o carinho pode transformar um simples salgado em uma refeição inesquecível”, comenta Maria Hozana.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Parabéns meus queridos!!! Realmente eh a melhor coxinha do sertão pernambucano e olha que falo com propriedade. Beijos e sucesso sempre.

Escreva um comentário