Notícias

Governo federal quer cobrar 0,4% em saques e depósitos em dinheiro

O governo federal planeja cobrar uma alíquota de 0,4% para saques e depósitos em dinheiro. O novo imposto está na proposta de reforma tributária elaborada pelo Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, nome forte da gestão de Jair Bolsonaro (PSL).

Para pagamentos no crédito e no débito, a cobrança seria de 0,2%.

A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

A proposta integra a ideia de “imposto sobre pagamento”, criada pela equipe econômica de Bolsonaro e que está sendo comparada à antiga CPMF.

Segundo a proposta, a cobrança tenderia a crescer ao logo do tempo. O novo imposto seria criado para substituir gradualmente a tributação sobre os salários.

Defesa do governo

O secretário especial adjunto da Receita Federal, Marcelo de Souza Silva, defendeu o novo imposto nesta terça-feira (10). Ele participou do Fórum Nacional Tributário, promovido pelo sindicato dos auditores fiscais, em Brasília. Na ocasião, Silva ressaltou que o tributo substituiria tanto a tributação sobre a folha como o IOF.

Mesmo com o governo negando a comparação com a antiga CPMF, Silva argumentou a favor do novo imposto exibindo um gráfico que mostra o histórico relativamente estável das alíquotas de CPMF ao longo dos anos em que vigorou. A taxa representaria uma previsibilidade para o novo imposto.

Via Blog do Jamildo

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *