Economia

Governo estadual começa a pagar 13º do Bolsa Família; veja calendário

O governo de Pernambuco começou a pagar, nesta quarta-feira (12), 13º salário a beneficiários do Bolsa Família. O repasse da parcela extra ocorre conforme o mês de nascimento do responsável pela família e o final do Número de Identificação Social (NIS).

O pagamento, realizado pelo governo estadual, é de até R$ 150 para as famílias beneficiárias, diferente do pago em 2019 pelo governo federal, que era no valor integral. Em Pernambuco, 1.125.559 famílias têm direito a receber o valor, o que corresponde a 34,5% da população do estado, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

“Tem duas diferenças básicas para o programa do governo federal. Primeiro que, em Pernambuco, é lei. Vai acontecer todos os anos. A outra diferença é que nós limitamos o benefício em R$ 150 para atender todo mundo”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

Segundo o calendário, entre os dias 12 e 14, 17 e 21 e 27 e 28 de fevereiro, recebem os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. Em março, é a vez dos aniversariantes dos meses de maio, junho, julho e agosto. Em abril, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Os beneficiários podem conferir os valores a receber através do site da secretaria. Para acessar, é preciso informar a data de nascimento do titular do cartão do Bolsa Família e o NIS, disponível no cartão.

A parcela extra foi concedida para as famílias pernambucanas que permaneceram regulares no Bolsa Família por pelo menos cinco meses entre março de 2019 e janeiro deste ano. O valor da parcela é igual ao valor do benefício federal, no limite máximo de R$ 150.

“Quem recebe menos de R$ 150, pode chegar a esse valor incluindo o CPF em notas fiscais eletrônicas toda vez que for comprar algo de gênero alimentício, material de higiene, medicamentos”, afirmou o secretário.

Guedes explicou que o pagamento da parcela extra é feito da mesma forma que o benefício do governo federal, através do cartão do programa. Porém, há um limite de tempo para que o valor seja sacado. “O valor vai ficar creditado durante 120 dias. Não precisa de correria, durante 120 dias pode buscar sua 13ª parcela”, declarou.

Caso o beneficiário tenha dúvidas sobre o assunto, é possível entrar em contato com a Ouvidoria Social, no 0800.081.4421. O contato pode ser feito por telefones fixos e móveis.

Via G1 Pernambuco

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *