Notícias

Governo de Pernambuco anuncia calendário e detalha o 13º do Bolsa Família

Pernambuco anunciou nesta terça-feira (26) o calendário do pagamento do 13º do Bolsa Família 2020/2021. Todas as famílias que receberam o benefício do programa em Pernambuco por pelo menos seis meses no período de fevereiro de 2020 a janeiro de 2021 irão receber o pagamento do 13º. 

O pagamento é em parcela única, de até R$ 150. Para receber o máximo, o beneficiário precisa comprar produtos cadastrando o CPF na Nota Fiscal Eletrônica dos produtos relativos ao programa, como alimentos, vestuário, calçados e material de limpeza. Nos casos de recebimento no valor abaixo de R$ 150, a família receberá o 13º no mesmo valor do Bolsa Família

Em coletiva on-line, o Governo do Estado informou que os nascidos de janeiro a abril receberão o benefício com datas no mês de fevereiro de acordo com o último número do Número de Identificação Social (NIS). Os nascidos de maio a agosto receberão o pagamento durante o mês de março, de acordo com o NIS. Por último, os nascidos de setembro a agosto receberão em abril, na data também de acordo com o NIS.

O pagamento será realizado com o mesmo cartão que a família recebe o benefício do programa Bolsa Família. O beneficiário poderá receber seu dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal, terminais de autoatendimento, revendedores lotéricos ou estabelecimentos alternativos credenciados. 

De acordo com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, “o 13º do Bolsa Família dialoga com quem precisa”.

Quem recebe?
Todas as famílias que recebem o Bolsa Família em Pernambuco, que tenham recebido pelo menos 6 meses do benefício, no período de fevereiro/2020 a janeiro/2021

Como receber?
Comprar produtos cadastrando o CPF na Nota Fiscal Eletrônica dos produtos relativos ao Programa, que são: gás de cozinha, vestuário
calçados, material de Limpeza e higiene pessoal e medicamentos

Locais de pagamento:
O pagamento será realizado com o mesmo cartão que a família já recebe o benefício do Programa Bolsa Família, nas agências da Caixa Econômica Federal, terminais de autoatendimento, revendedores lotéricos ou estabelecimentos alternativos credenciados.

Dados do Programa:
– 1.190.295 famílias beneficiárias;
– R$ 154.606.815,27 disponibilizados;
– R$ 258.585.990,20 em Notas fiscais eletrônicas registrados pelos participantes do Programa; 
– R$ 12.927.251,11 valor acrescido aos benefícios com a inserção do CPF nas notas fiscais;
–  60,7% das famílias receberam valor máximo (R$ 150,00);
– 16,7% das famílias aumentaram o valor do benefício com a inserção do CPF na Nota Fiscal.

Calendário:

Consultas:
www.sdscj.pe.gov.br

0800.081.4421 (ouvidoria)
de segunda a sexta-feira das 8h às 12h
e das 13h às 16h.

Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude
0800.081.4421

Via O Povo com a Notícia

Artigos relacionados

Escreva um comentário