Entretenimento

Florestano que vive no Canadá sente saudade de comer feijão

O florestano Ásafe Santos tem apenas 16 anos, mas já conta com uma ampla experiência de vida. Sem vergonha em falar que é sertanejo, ele sente saudade de comer feijão desde que viajou para o Canadá, no mês de setembro desde ano. Ele foi um dos estudantes selecionadas para participar do Programa Ganhe o Mundo do município de Floresta, no Sertão de Pernambuco.

asafe santos estudante canada america do norte floresta-pe programa ganhe o mundo (3)

Em uma entrevista exclusiva para o Blog do Elvis, o adolescente contou que na região onde ele mora até existe feijão, mas o sabor é diferente. “Não é a mesma coisa. Além disso, o restaurante brasileiro fica longe da casa onde estou hospedado”, disse Ásafe.

asafe santos estudante canada america do norte floresta-pe programa ganhe o mundo (4)

O estudante brasileiro ainda não sabe o que vai fazer quando concluir os cinco meses do curso que participa na América do Norte. Engenharia é uma das áreas prentendidas do jovem que aprende o idioma americano no Exterior.

asafe santos estudante canada america do norte floresta-pe programa ganhe o mundo (5)

Bem recebido por uma família canadense, o florestano disse se sentir amparado e amado lá fora. A saudade da família “de sangue” também faz parte do dia a dia do adolescente que nunca havia saído do país. “Mas agora eles já estão mais tranquilos, eu acho…”, concluiu Ásafe.

asafe santos estudante canada america do norte floresta-pe programa ganhe o mundo (2)

PGM– O Programa Ganhe o Mundo já enviou mais de 3,9 mil estudantes da rede estadual para o intercâmbio, desde que foi criado em 2012. Participam da ação, os que passarem pelos seguintes critérios: tenham feito o curso de idiomas oferecido pela SEE, que tenha 85% de presença no mesmo, que tenha média de 7,0 nas disciplinas de português e matemática, e que sejam aprovados no teste do idioma estrangeiro cuja nota será somada as suas notas de português e matemática, sendo calculada a média aritmética. Os selecionados são os alunos com as melhores médias.

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. A única diferença do feijão canadense pro brasileiro é a falta de sal. Mas é oo mesmo tipo de feijão, até feijão pra feijoada tem no Canadá

Escreva um comentário