Entrevista

Floresta, PE: Câmara de vereadores ao vivo via rádio e internet?

Vereador de segundo mandato, Murilo Alexandre de Almeida assumiu a presidência da Câmara Municipal de Floresta, PE, em janeiro de 2015. Com vasta experiência na área política, assim como nas áreas de informática, gestão administrativa, agricultura, matemática, vem fazendo história em poucos meses de sua administração. Inovação e transparência marcam a atual presidência.

A Câmara de Vereadores de Floresta, no Sertão de Itaparica, é a única da região que oferece um site e aplicativo com informações atualizadas sobre as sessões. Um sonho antigo se tornou realidade. Agora, uma das metas do legislador é a transmissão via rádio e internet. Será que vai sair do papel? Eu espero que sim…

Nessa breve entrevista, Murilo destaca algumas das suas realizações à frente do Legislativo, fala dos desafios e sobre os projetos para o futuro.

1 – Como vê a responsabilidade de presidir a Câmara Municipal de Vereadores de Floresta?

Murilo – Valorizo muito a questão da experiência, isso é importantíssimo, e ao longo dos anos adquiri conhecimentos que estão me ajudando nesse novo desafio de presidir a Casa Benício Ferraz. Acredito que para o sucesso de uma administração o mais importante é a dedicação, comprometimento, respeito aos meus pares e ouvir minha equipe e as pessoas. Tenho mais de seis anos de experiência legislativa, e nesse período sempre procurei me dedicar ao máximo nesta função, na qual aprendi muito. Além, claro, dos conhecimentos que somei ao longo dos anos à frente da Secretaria Municipal de Agricultura, como Secretário Executivo do COMSIM – Consórcio dos Municípios do Sertão de Itaparica e Moxotó, e nas empresas que trabalhei: Frutos do Vale, THEMAG Engenharia, em apoio a projetos juntos a CHESF, e ELETRONORTE, tanto aqui em Pernambuco como no Maranhão e Tocantins, e talvez uma das principais atividades que exerci em minha vida quando por vários anos trabalhei de forma autônoma na agricultura irrigada, onde convivi diretamente com o homem do campo. Aprendi lições que levarei para o resto de minha vida. Como Presidente da Câmara, afirmo que esforço, dedicação e força de vontade não faltarão para que a condução dos trabalhos seja feita da melhor forma possível em prol do povo florestano.

2 – Quais as principais conquistas da atual legislatura da Câmara de Vereadores de Floresta?

Murilo – Em apenas oito meses desta presidência posso dizer com orgulho, que já foram muitas realizações. Posso destacar algumas como o projeto Câmara Itinerante, que tem como proposta aproximar o Poder Legislativo da população. A primeira sessão aconteceu em 17 de julho, no Distrito de Nazaré, com finalidade específica de instituir os símbolos oficiais, a bandeira e o hino, daquela localidade. O programa foi instituído por proposição minha, da saudosa vereadora Ceiça Lira e do vereador Ézio Feitosa, no ano de 2005, mas, somente em minha administração, ele saiu do papel e ganhou as ruas. O programa nos ajuda a conhecer a real demanda local e assim darmos encaminhamento das propostas aos setores competentes da Administração Municipal.

Ainda posso citar como grande realização a inauguração do Espaço Aberto Ceiça Lira – O Povo Conectado, que funciona na Câmara Municipal de Floresta, e vem cumprido com seu objetivo de proporcionar oportunidade a quem precisa de acesso à internet e serviços de informática. A sala possui cinco computadores, com acesso à internet, que estão disponíveis para acesso da comunidade local, como também da zona rural. No local, ainda estamos ministrando cursos gratuitos de informática.

Merece destaque também o trabalho inovador que realizamos no dia 31 de março, quando o município de Floresta completou 169 anos de sua emancipação política. Pela primeira vez no município de Floresta foi prestada homenagem em vida aos ex-deputados, ex-prefeitos, ex-vice-prefeitos e ex-vereadores. Foi um evento que marcou a história do Legislativo e, graças a Deus, recebemos o reconhecimento de todos os homenageados e da comunidade florestana.

Outro trabalho importante desenvolvido nesta administração, sendo uma das ferramentas utilizadas para garantir a transparência da nossa gestão, foi a implantação do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo – SAPL, por meio do qual a Câmara Municipal de Floresta garante a todos o pleno acesso às informações relativas ao Poder Legislativo, de forma rápida e moderna, através do link http://sapl.floresta.pe.leg.br.

3 – Quanto a estrutura física da Câmara Municipal, existem investimentos nesse sentido?

Murilo – Essa também é outra área que estamos investindo. Recentemente reformamos o auditório, colocamos novo carpete, todas as cadeiras foram reformadas, ganhando novo estofado. Também fizemos a jardinagem na área externa. Ainda estamos realizando reformas para melhoria na prestação de serviços, como a sala de arquivo, que ganhou novas prateleiras, de forma a facilitar o acesso ao acervo de documentos. A recepção também foi modificada, agora funciona num espaço com condições adequadas para receber quem visita a Casa.

Mas o que vale destacar mesmo, é o quanto toda essa estrutura tem servido para nossa população. A Câmara tem cedido, com boa regularidade, as dependências, de forma gratuita, para realização de eventos como formaturas, homenagens, reuniões, palestras, seminários entre outros.

4 – Quais as principais dificuldades encontradas até aqui pela Câmara de Vereadores?

Murilo – A conscientização da população de que a Câmara é a porta aberta para todas as discussões e reivindicações de uma sociedade democrática, politizada e propositiva a presença dos cidadãos nas nossas reuniões e de fundamental importância.

5 – Quais os principais objetivos nos próximos meses de 2015, e para todo o ano de 2016, tempo em que ficará à frente da presidência da Câmara?

Murilo – Em primeiro lugar fazer a minha parte como Presidente da Câmara, contribuindo para que o Município de Floresta se desenvolva cada vez mais. Trabalho para desempenharmos nossas funções da maneira mais isenta, eficiente e transparente possível.

Tenho muitas idéias, projetos e planos para nosso legislativo. Entre as metas posso destacar: Digitalizar todo acervo da câmara e disponibilizar para todos, através das ferramentas de informáticas que implementamos em nossa gestão, com isso, manter viva a história do legislativo municipal; Consolidar de vez o programa Câmara Itinerante; Tentar criar o Parlamento de Itaparica; E a principal meta será a transparência de todos os atos de nossa gestão; Trazer a população para os debates em nossas reuniões; Transmitir via rádio e internet todas nossas sessões e que o povo possa interagir.

Escreva um comentário